domingo, 11 de setembro de 2016

Anderson Carlos Maciel

para mim
Público e amor

Pois se confundem
Traduzem
Governos - que se seduzem
Casam-se

Cascatas de rosas
Paixão
Permissão
Em ser
Amado

As crianças tentam
Provar ao mundo
Suas escolhas

Nós vagamos
Eternos
Pontas dos dedos
                   cósmicos
Solidão

Apertos
Contra o peito
No leito
Dos irmãos

Pregamos evangelhos
Dos nossos beijos
Repetindo o ritual
Banal
Simples
Carícias

Sociologia
De nós dois

O mundo capitalista
Fora de nossas janelas
- Molduras socialistas -
Rui


Ao sabor do vento histórico

Nenhum comentário: