segunda-feira, 30 de abril de 2018

Sociologia valorativa



Mude o mundo em dois cliques
Reivindique cataventos
Viva de simples momentos

Os intelectuais não são
O que são
Vistos

Ame clichê
Seja você
Entenda o ser

A palavra fala e não
Cala
Não obstante, ouve e lê
Quem tem ouvidos e olhos
E mãos (sim mãos) humanas

Pessoas enganadas
Crateras ilustradas
Risos do escárnio solidário
Atropelos simbióticos

Ruflam sinonímias curitibanas
Em uma  tragetória imagética
(Da redação)

Os sonhos e pesadelos
Do anfitrião se mesclam
Em pão.

Ressurjo patético patamar
Estético

E vou, além
Buscar o perfume das
Minhas páginas.

Edição completa dos ventos
Do sul ao qual o sábio
Retornou,

Será para lá o sabor do maná?

Ou a gente a caminhar
A caminhar...
Caminhará sem flor, sem jardim,

Sem poesia social.

Anderson Carlos Maciel

Nenhum comentário: